MENU

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Cante!

with 0 comentários
Cante!

            Nossa casa fica perto de um parque, onde costumo caminhar todas as manhãs. Uma senhora de idade também passeia por ali, no mesmo horário. Ela caminha no sentido horário, e eu no sentido anti-horário, o que significa que nos encontramos duas vezes a cada volta. Seus olhos são amáveis e sua face já é cansada por causa da idade.
            Quando nos encontramos pela primeira vez em cada manhã, ela, que tem o mal de Alzheimer, pergunta: “Eu já cantei a minha canção?” E eu digo: “Não, senhora”. E então ela canta uma pequena canção sobre o sol: “Bom dia, senhor Sol…”, depois sorri e segue adiante.
            Assim cada qual segue o seu caminho – 180 graus em círculo – até que nos encontramos outra vez. Ela pergunta: “Eu já cantei a minha canção?” Eu lhe digo: “Cante-a de novo!” E ela o faz, e depois não consigo tirar a sua agradável canção da minha mente.
            Ela se tornou uma parábola do tipo de pessoa que quero ser – seguir meu caminho pelo mundo, cantando e tendo sempre uma melodia em meu coração, cantando sobre o Sol da Justiça que se levantou “… trazendo salvação nas suas asas…” (Malaquias 4:2), deixando atrás de si uma lembrança contínua de Seu amor.
            Que a canção divina esteja em seu coração e em seus lábios, hoje. E que muitos venham a ouvi-la e confiar no Senhor.
            HÁ UMA LINDA CANÇÃO DE AMOR A DEUS EM SEU CORAÇÃO?

FONTE:
David H. Roper

Pão Diário – Ministério RBC

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!