MENU

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

RESERVE UM TEMPO Reserve tempo para RIR, é esta a música da alma. Reserve tempo para LER, é esta a base da sabedoria. Reserve tempo para PENSAR, é esta a fonte do poder. Reserve tempo para TRABALHAR, é este o preço do êxito. Reserve tempo para DIVERTIR-SE, é este o segredo da juventude eterna. Reserve tempo para SER AMIGO, é este o caminho da felicidade. Reserve tempo para SONHAR, é este o meio de ligar uma estrela ao carro em que você viaja na Terra. Reserve tempo para AMAR E SER AMADO, é este o privilégio dos Deuses. Reserve tempo para SER ÚTIL AOS OUTROS, esta vida é demasiada curta para que sejamos egoístas. Como Você divide seu tempo? Recebi sem identificação da AUTORIA.

RESERVE UM TEMPO


Barreiras e Bênçãos

            O que Jesus viu ao olhar para a mulher ao lado do poço no livro de João 4? Ele viu alguém que desejava aceitação e necessitava desesperadamente saber que era amada. Acima de tudo, Ele viu alguém que precisava daquilo que somente Ele poderia conceder – um novo coração.
            Não foi por acaso que todos os discípulos haviam ido à cidade para comprar alimento. Certamente, eles tentariam alertar Jesus a não conversar com esta pessoa – mulher, samaritana e de má reputação.
            Não sendo, porém, um seguidor de protocolos, Jesus usou este encontro para abençoá-la com a verdade da “água viva” (João 4:10). Em apenas uma conversa, Ele derrubou barreiras de antigas hostilidades, de preconceitos de gênero, de divisões étnicas e raciais. E esta mulher se tornou a primeira dentre muitos samaritanos a confessar que Jesus era o Messias (João 4:29-42).
            Ao contar a outros sobre seu encontro com um Homem que saiba tudo “… quanto tenho feito”, ela já praticava o princípio de “semear e colher” que Jesus ensinava a Seus seguidores (João 4:35-38). Muitos creram naquele dia; tempos depois, Filipe, Pedro, João e outros pregariam em Samaria e levariam muitos mais a Cristo (Atos 8:5-14; 15:3).
            Quando contamos a outros sobre nosso próprio “encontro” com Jesus, nós os abençoamos com água viva.

FONTE:
Cindy Hess Kasper

Barreiras e Bênçãos


Incentivo Improvável

            Você está procurando encorajamento? Necessita de um pequeno reforço hoje, em meio a todas as más notícias que está recebendo? O salmista Davi pode elevar seu espírito de uma maneira inesperada por intermédio de algumas palavras que, frequentemente, consideramos negativas.
            Ao lermos o Salmo 19, descobrimos uma pequena lista de maneiras pelas quais a claramente definida “lei”, ou padrões de vida, do Senhor pode trazer resultados positivos. Este é um incentivo improvável, pois algumas pessoas consideram os padrões divinos como algo restritivo que nos priva da felicidade.
            Aqui estão algumas palavras que o salmista usou para os padrões de Deus: “lei do SENHOR” (Salmo 19:7), “testemunho” (Salmo 19:7), “preceitos” (Salmo 19:8), “mandamento” (Salmo 19:8), “temor ao SENHOR” (Salmo 19:9), e “juízos” (Salmo 19:9). Estas palavras soam ameaçadoras, fazendo muitas pessoas desejarem evitar ou rejeitá-las.
            Mas, perceba o que essas coisas trazem ao coração que crê e obedece: conversão da alma, sabedoria, alegria do coração, pureza de vida, iluminação dos olhos, permanência, verdade e justiça (Salmo 19:7-9). Esse é um grande encorajamento! Não admira que, a respeito da lei de Deus, Davi tenha dito o que Ele nos deu: “São mais desejáveis do que ouro […] e são mais doces do que o mel…” (Salmo 19:10).

FONTE:
J. David Branon

Incentivo Improvável