MENU

sábado, 8 de setembro de 2012

CURA PARA A TRAIÇÃO

“Se um inimigo me insultasse, eu poderia suportar; se um adversário se levantasse contra mim, eu poderia defender-me; mas logo você, meu colega, meu companheiro, meu amigo chegado, você com quem partilhava agradável comunhão enquanto íamos com a multidão festiva para a casa de Deus” (Sl 55.12-14)

PERFIL DE UM TRAIDOR

Aitofel era egoísta

Ele avaliou politicamente, e optou por apoiar o filho e trair o pai (1Sm 15.12).

Aitofel era falso

Ele mostrava-se como um representante de Deus (1Sm 16.23) , mas dava conselhos diabólicos (1Sm 16.20-22)

O traidor sempre tem final trágico

Quando Absalão aceitou o conselho de Husai, Aitofel sentiu-se desprestigiado e presumiu que Davi retomaria o poder, e suicidou-se. (1Sm 17.23)

Judas sentiu remorso por ter traído Jesus e também suicidou-se.

Você já desempenhou o papel de um traidor?

Não fique com remorso, arrependa-se e busque o perdão da pessoa que você traiu.

A DOR DE UMA PESSOA TRAÍDA

A traição que mais dói, procede de pessoas que nós amamos

Aitofel era amigo do rei, frequentador de sua casa e irmão na fé

“Até meu amigo íntimo, em quem confiava, que comia do meu pão, levantou contra mim o calcanhar”(Sl 41.9)

A traição produz sofrimentos extremos

Davi afirma “sinto-me perplexo e ando perturbado”(Sl 55.2). Significa desassossego e medo da morte. Sem paz.

“Estremece-me no peito o coração” (Sl 55.4). Dá a ideia de dor física.

“...quem me dera asas como de pomba! Voaria e acharia pouso. Eis que fugiria para longe e ficaria no deserto” (Sl 55.6-7). Desejo de fugir da situação.

Queres ser curado(a) da dor da traição?

Decida perdoar quem o traiu. Não pratique a vingança.

“Eu, porém, invocarei a Deus, e o Senhor me salvará” (Sl 55.16)

CURA PARA A TRAIÇÃO