Caso bruno e a violencia contra mulher

Caso bruno: Violência contra a mulher não escolhe posição social.
O Caso bruno está ganhando repercussão internacional, a modelo eliza samudio ex amante do goleiro do flamengo bruno está desaparecida, e o principal suspeito de ter sido o mandante do crime é o bruno.

Eliza samudio estava tentando provar na Justiça que Bruno é pai de seu filho, de 5 meses. O caso ganhou mais repercussão ontem, após o primo do goleiro, de 17 anos, confirmar à polícia que sequestrou a garota junto com um amigo de Bruno, Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, e afirmou que ela está morta.

A Justiça decretou hoje a prisão temporária do Goleiro Bruno camisa 1 do time rubro-negro, que até agora não foi encontrado.
A esposa do jogador Bruno, Dayane de Souza, foi presa nesta manhã, em Belo Horizonte, e presta esclarecimentos à polícia.

este caso nos leva refletir a que ponto chegou a violência contra a mulher. a violência contra a mulher, não esta restrita a um certo meio, não escolhendo raça, idade ou condição social. A grande diferença é que entre as pessoas de maior poder financeiro, as mulheres, acabam se calando contra a violência recebida por elas, talvez por medo, vergonha ou até mesmo por dependência financeira.

Toda a mulher violentada física ou moralmente, deve ter a coragem para denunciar o agressor, pois agindo assim ela esta se protegendo contra futuras agressões, e serve como exemplo para outras mulheres, pois enquanto houver a ocultação do crime sofrido, não vamos encontrar soluções para o problema.

A população deve exigir do Governo leis severas e firmes, não adianta se iludir achando que esse é um problema sem solução. Uma vez violentada, talvez ela nunca mais volte a ser a mesma de outrora, sua vida estará margeada de medo e vergonha, sem amor próprio, deixando de ser um membro da comunidade, para viver no seu próprio mundo.

A liberdade e a justiça, são um bem que necessita de condições essenciais para que floresça, ninguém vive sozinho. A felicidade de uma pessoa esta em amar e ser amada. Devemos cultivar a vida, denunciando todos os tipos de agressões (violência) sofridas.

Comente esta postagem:
20

Depressão Tragedia no Trem

Uma mulher e seus dois filhos foram atingidos por um trem, no Loteamento Santa Joana, em Dois Carneiros, Jaboatão dos Guararapes, na tarde de
ontem. Tatiane Maria de Oliveira, de 22 anos, e o filho Isaac Fabrício Mariano de Oliveira, 3, foram atropelados e morreram na hora. Já Israel Mariano de Oliveira, 2 anos, foi socorrido por um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal (PRF)
para o Hospital da Restauração, no Recife, onde está internado.

De acordo com o inspetor da Polícia Ferroviária Federal (PFF), Marcílio José Luiz, o pai dos meninos, Isaac Mariano Pereira, contou que sua
companheira sofria de depressão e tomava remédio controlado e, portanto, suspeita que ela tenha cometido suicídio e também atirou os filhos para
que morressem junto com ela. "Ele contou que ela já tinha tentado se matar em outras duas ocasiões da mesma forma, se jogando na frente do metrô, mas das outras vezes
testemunhas conseguiram livrá-la.
Noticia na integra: http://www.diariodepernambuco.com.br/2010/07/06/urbana18_0.asp

Como ajudar um conhecido, ou familiar que sofre de depressão?

A coisa mais importante que alguém pode fazer por uma pessoa deprimida é ajuda-lo(la) a se submeter a um diagnostico e a um tratamento adequado. As vezes, pode ser necessário marcar uma consulta e acompanha-lo(la) ate o psicólogo.

Oferecer apoio emocional. Isto envolve compreensão, paciência e encorajamento. Procure conversar com a pessoa que está sofrendo de depressão e escute-o (a) com atenção. Não menospreze os sentimentos expressos, porem chame atenção para a realidade e ofereça esperança. Referencias de suicídio são importantes. Devem sempre ser relatadas para o profissional.

Incentive e faca companhia para caminhadas, passeios, esportes, atividades que anteriormente lhe proporcionavam prazer, como passatempos, atividades culturais ou religiosas. A pessoa que esta depressiva necessita de incentivo, porem cobrar demais dele(a) pode piora-lhe a sensação de fracasso.

Não acuse de se fingir de doente ou de ser preguiçoso, nem sempre espere que ocorra uma mudança de uma hora para outra. Com o tempo e tratamento adequado, a maioria das pessoas tender a melhorar substancialmente. Tenha isso em mente e procure reafirmar que com o tempo e ajuda profissional, ele(a) se sentirá melhor.
13

A alegria inspira

A alegria inspira

Todos procuramos alegrias, e muitas vezes as procuramos em atividades que nos prometem diversão e amenidades - mas que não nos levam a nós mesmos.

A alegria indestrutível e duradoura, porém, mostra-se nas adversidades exteriores.

A alegria já está presente também em seu coração.

Só que muitas vezes você está desligado desse fato. Entre em contato com sua alegria. Deixe-se inspirar por ela.

Então sua vida já não será determinada por estima e atenção dos outros, pelo sucesso ou insucesso, mas pela alegria interior que está em você e que de você não pode ser tirada, porque ela vem de uma fonte mais profunda.

extraído de "O livro da arte de viver", de Anselm Grün
0

copyright © . all rights reserved. designed by Color and Code

grid layout coding by helpblogger.com