O sofrimento deve ser superado no âmago da alma.

23 de junho


Reflexão

Talvez você se questione porque algumas pessoas nascem com necessidades especiais ou, ao longo da vida, se tornam deficientes. É difícil aceitar esse sofrimento. Entretanto, Jesus, o Mestre da vida, ensina que o sofrimento deve ser trabalhado e superado no âmago da alma e do espírito. Essa superação produz sentimentos pessoais tão enriquecedores, que os limites se tornam "glória para Deus". De fato, quem supera as próprias limitações físicas e emocionais reflete a presença de Deus e evidencia uma grande sabedoria de vida.


Meditação

Deus mostra a todos que é possível ter deficiências e dificuldades e, mesmo assim, viver a vida em todo seu potencial.

Confirmação

"Os seus discípulos lhe perguntaram: 'Rabi, quem pecou para que ele nascesse cego, ele ou seus pais?'. Jesus respondeu: 'Nem ele, nem seus pais pecaram, mas é uma ocasião para que se manifestem nele as obras de Deus".
(Jo 9,2-3).


Rosemary de Ross
Pato Branco Paraná.
Fonte:Livro "Uma mensagem por dia,o ano todo".Editora Paulinas.
http://www.rosemaryross.com.br/
0

o construtor de gente

O economista participava de um debate, em que se discutia o desemprego e, após um engenheiro falar sobre a contribuição da construção civil na demanda por mão-de-obra, o mediador, entre irônico e sério, fez a seguinte afirmação-pergunta: "os professores não constroem pontes; logo, o que eles podem fazer para ajudar a diminuir o desemprego?"
 
Sem tempo para pensar, o hábil polemista respondeu, também entre irônico e sério: "realmente um professor não constrói pontes, não levanta edifícios, não pilota aviões, não cura doentes... Essas atividades tão visíveis e responsáveis por tantos empregos.
 
O professor se contenta com algo mais simples: ele prefere construir o engenheiro que levanta as paredes, instruir o comandante que faz o avião voar, formar o médico que cura, e ensinar os jornalistas a fazerem perguntas embaraçosas.
 
O professor não constrói coisas... Ele 'constrói' as pessoas que fazem as coisas, ou pelo menos ajuda as pessoas a construírem a si próprias."
 
Dizia Immanuel Kant que o homem é a única criatura que precisa ser educada e a educação é a arte de formar os homens; isto é, desenvolver neles simultaneamente as faculdades físicas, intelectuais e morais.
 
Os animais são resultado de uma fatalidade biológica; mas o homem, conquanto tenha sua porção animal, por sua biologia, é um ser dotado de propósito consciente.
 
Nesse sentido, o animal-homem é uma entidade ética, capaz de construir, mudar e aperfeiçoar seu pensamento, sua conduta e suas atitudes.
 
Ortega y Gasset dizia que a vida nos é dada, mas não nos é dada pronta. O homem carrega, para além da sua fatalidade biológica, a responsabilidade de desenvolver o seu projeto de vida de acordo com sua livre escolha entre as várias opções que lhe são oferecidas para buscar a sua felicidade.
 
Aí está o papel do professor, que não constrói pontes, mas que ajuda o homem a desenvolver a si mesmo, a moldar sua ação e erigir seu edifício intelecto-moral.
 
O professor é um transmissor do seu saber, que deve deixar ao aprendiz o papel de escolher e construir a sua própria obra.
 
É na modéstia do seu propósito que o professor tem a nobreza da sua missão.
 
E vale a pena lembrar a poesia do biólogo chileno Humberto Maturana, feita para um professor do seu filho, que inibia o desabrochar da criatividade da criança querendo impor-lhe um modelo rígido.
 
A poesia, denominada prece do estudante, pode ser vertida para o português da seguinte forma:
 
Não me imponha o que você sabe;
 
quero explorar o desconhecido,
 
e ser a origem das minhas próprias descobertas.
 
Que o seu saber seja minha liberdade, não minha escravidão.
 
O mundo de sua verdade pode ser minha limitação;
 
sua sabedoria, minha negação.
 
Não me instrua; vamos caminhar juntos.
 
Deixe que minha riqueza comece onde a sua termina.
 
Mostre-se a mim, de maneira que eu possa
 
subir em cima dos seus ombros, e ver mais longe.
 
Revele-se para que eu possa ser
 
alguma coisa diferente.
 
Você crê que todo ser humano
 
pode amar e criar;
 
Compreendo, por isso, seu medo,
 
quando lhe peço que deixe-me viver de acordo com minha sabedoria.
 
Você nunca saberá quem eu sou,
 
se escutar apenas a si mesmo.
 
Não me instrua; deixe-me ser;
 
seu fracasso é que eu seja idêntico a você.
 
***
 
"A educação é uma arte particular, que exige vocações muito particulares; exige qualidades morais que não são dadas a todos os homens, tais como sabedoria, firmeza, paciência, vontade e força para dominar as próprias paixões;
 
Exige profundo conhecimento do coração e da psicologia do ser humano, além do conhecimento dos meios mais apropriados para desenvolver no aluno as faculdades físicas, intelectuais e morais necessárias ao seu crescimento.
 
A educação é uma arte que precisa ser estudada, do que resulta que o professor é, ele próprio, um eterno aprendiz".
1

tsunami no nordeste

tsunami no nordeste

Pernambuco tem 39 municipios em emergência. em PALMARES o rio una transbordou e várias localidades onde o rio una passa estão em situação de emergência. em união dos palmares e branquinha (AL) o cenário é desolador  A Defesa Civil alagoana estima que há 607 desaparecidos no estado – 500 só no município de União dos Palmares, um dos mais atingidos pelas cheias. Quatro cidades decretaram estado de calamidade pública e 25 estão em situação de emergência.

Mais de 115 mil pessoas foram forçadas a deixar suas casas nos dois estados.

O cenário em união dos palmares é de terra arrasada. Centenas de residências, lojas e prédios públicos que ficavam ao longo de
uma faixa de 60 km às margens do Rio Mundaú foram destruídos. O nível do rio subiu pelo menos cinco metros e devastou tudo o
que havia nas margens. A lama cobriu as ruas e o asfalto soltou-se em placas. Árvores e postes foram arrancados do chão.
Bombeiros comparam o estrago nas cidades ao causado pelo tsunami que atingiu parte da Ásia, em 2004.



Mas um tsunami através do mar atingir o Brasil é possivel? os cientistas alertam que um tsunami pode atingir o brasil.
(Conforme artigo publicado no site UOL, Seção Mais UOL)

Segue abaixo:

Em 2001, cientistas previram que uma futura erupção do instável vulcão Cumbre Vieja em La Palma (uma ilha das Ilhas Canárias) poderia causar um imenso deslizamento de terra para dentro do mar. Nesse potencial deslizamento de terra, a metade oeste da ilha (pesando provavelmente 500 bilhões de toneladas) iria catastroficamente deslizar para dentro do oceano. Esse deslizamento causaria uma megatsunami de cem metros que devastaria a costa da África noroeste, com uma tsunami de trinta a cinqüenta metros alcançando a costa leste da América do Norte muitas horas depois, causando devastação costeira em massa e a morte de prováveis milhões de pessoas. Especula-se também acerca da possibilidade de tal cataclisma atingir a costa norte e nordeste brasileira, fato que desperta a preocupação de algumas autoridades, tendo em vista a inexistência de qualquer mecanismo de prevenção de tsunamis no Brasil.

Segundo Bill McGuire, diretor do Centro de Pesquisa de Riscos Benfield Grieg, da University College of London, existe a possibilidade dessas ondas gigantes atingirem a região Norte e Nordeste.

Bill McGuire têm previsões catastróficas para o Brasil. McGuire garante que o bloco vai cair e gerar tsunamis que vão atravessar os oceanos até 19 horas depois da erupção, ondas de 4 a 18 metros iriam atingir a costa Norte e Nordeste do Brasil, do Pará à Paraíba. A ilha de Fernando de Noronha seria um dos locais onde a tsunami chegará com mais força no Atlântico Sul.

Veja os possíveis estragos...

1. Pontapé inicial
Uma erupção do vulcão Cumbre Vieja, na ilha La Palma, jogaria no mar um pedaço de terra com 500 km3. A queda provocaria a formação de ondas gigantes

2. Comprida para danar
O intervalo entre uma onda e outra seria de apenas 10 minutos. Logo que começassem a se formar, cada uma delas teria 120 quilômetros de comprimento

3. Primeiro alvo
Em apenas 1 hora, as ondas chegariam a uma velocidade de 720 km/h e atingiriam a costa do Marrocos com elevações de 100 metros

4. Reta final
Enquanto viajam pelo mar, as ondas perdem velocidade e ficam menores em comprimento. Já a altura cresce à medida que elas se aproximam da costa

A. Belém - Embaixo d'água
As ondas seriam fatais para cidades baixas, como a capital do Pará. "A parte mais alta de Belém tem só 30 metros de altura. O famoso Mercado Ver-O-Peso, por exemplo, ficaria encoberto por água", diz José Geraldo Alves, do centro de geociências da Universidade Federal do Pará

B. Jericoacoara - Adeus às dunas
As ondas arrastariam estruturas sem raízes fixas, como bancos de areia. Uma energia tão grande quanto a de um tsunami faria em minutos o trabalho de anos do vento e é bem possível que as dunas fossem varridas do mapa

C. Fernando de Noronha - Matança animal
A vida marinha no arquipélago, atingido em cheio, seria muito afetada. O impacto da água poderia destruir os corais e, com isso, modificar todo o ecossistema. Dezenas de espécies de animais poderiam morrer. Entre eles, muitos golfinhos, símbolos do local

Sem Disney World
O Brasil não será a única vítima das ondas gigantes nas Américas. O tsunami também pode levar à destruição das ilhas caribenhas e de alguns estados americanos, como a Geórgia e a Flórida, que serão atingidos nove horas após o início do tsunami

Destruição nacional
As ondas que atingiriam o Norte e o Nordeste teriam 20 metros de altura e 6 quilômetros de comprimento. "Elas levarão tudo o que estiver perto da costa. Em locais onde a topografia é baixa, podem alcançar até 10 quilômetros território adentro", diz Steven Ward

 

10

copyright © . all rights reserved. designed by Color and Code

grid layout coding by helpblogger.com