MENU

segunda-feira, 10 de maio de 2010

A Influência da Televisão

Não pecando por causa da vida divina que está dentro de nós


Versículos Bíblicos

Jo 8: 11b - Nem eu tampouco te condeno. Vais e não peques mais.

1Jo 2:1 - Meus filhinhos, estas coisas eu vos tenho escrito para que não pequeis. E se alguém pecar, nós temos um advogado com o Pai, Jesus Cristo, o Justo.

Texto explicativo

Depois que somos salvos, não devemos mais pecar. Esta é uma instrução categórica do Senhor. João cap. 8 fala do Senhor Jesus perdoando uma mulher que cometeu adultério. Ele disse a ela: “vai e não peques mais” (v.11). Uma vez que somos salvos, somos advertidos pelo Senhor para não pecarmos mais!

Desde que um cristão não deve pecar, isto indica que é possível aos cristãos viverem uma vida santa, uma vida cristã livre de pecados. Afinal, se isto não fosse possível, não teria sentido tal advertência feita àquela mulher pecadora. Portanto, a resposta é sim! É possível aos cristãos terem uma vida santa, uma vida livre de pecados. Isto se deve ao fato de que, uma vez salvos, cada um de nós tem a vida de Deus dentro de nós. E esta vida é uma vida que não peca; refiro-me a vida de Deus. Tal vida não pode tolerar qualquer tipo de pecados. Esta vida é tão santa como Deus é santo. A vida que está dentro de nós faz-nos sensíveis e intolerantes ao menor sintoma de pecado. Se caminharmos de acordo com esta vida em nós, não pecaremos.

Assim, em razão da vida de Deus estar dentro de nós, é possível, sim, viver uma vida livre de pecados. Não há qualquer argumento que justifique uma vida cheia de pecados. Algumas pessoas chegam a dizer que eles têm uma vida biológica cuja fisiologia, temperamento e outras tantas razões que os forçam a cometerem pecados. Este tipo de argumento provém certamente do inferno. Entendamos, amados, nada disto não tem qualquer amparo na Palavra de Deus. É realmente possível que vivamos uma vida cristã livre de pecados. A questão é: estou disposto a seguir o Senhor? Caso contrário, o Senhor não nos diria tal palavra. A razão de toda degradação espiritual reside no fato de que muitos não andam e nem vivem segundo o Espírito; assim, facilmente inclinam-se para a carne. Portanto, devemos rejeitar qualquer argumentação do inimigo de que estamos fracos por causa disso ou daquilo. Não há justificativa para pecar.

Contudo, por causa de sua eterna misericórdia, Deus ainda nos reserva a possibilidade de nos arrependermos caso pequemos. Temos de confessar os pecados diante do Senhor e, assim, sermos curados, lavados e santificados. Tudo isso mediante um real e cabal arrependimento. Arrepender significa que não querermos mais seguir tal caminho. Isto indica que houve uma conversão, uma mudança de mente e de coração. Esta é a grandiosa misericórdia de Deus para conosco. Por um lado não devemos pecar; o pecado sempre traz conseqüências danosas ao nosso ser. Por outro lado, temos um advogado junto ao Pai para justificar-nos em eventuais situações de fracasso. Graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor. Ele é a nossa verdadeira e eterna propiciação.
 
Pedro Augusto
Facilitador de Casais

VAI E NÃO PEQUES MAIS !!!