AÇÃO

Albert Einstein estava certo quando disse que “Nada acontece até que algo se mova” sobre a teoria da relatividade e não existe frase tão certa como esta.
Essa frase serve pra todos os momentos das nossas vidas e principalmente, quando estamos buscando realizações. O nosso conhecimento e idéias, de nada valem se não agirmos, por isso a frase “Nada acontece até que algo se mova”.
Precisamos de ação, que é o ponto de partida para as coisas acontecerem. Sempre. Se você quer uma coisa, planeje, estude, entre em ação! Não adianta ficar só no “eu queria…“, “e se…“. Não adianta ficar sentado no sofá, esperando que as coisas aconteçam.
Não espere emagrecer para poder começar a cuidar da sua saúde. Não espere algo externo para ser feliz. Não dependa de uma outra pessoa ou coisa para se sentir bem. Essa é uma das desculpas mais perfeitas para justificar nosso fracasso.
De nada adianta definir metas e objetivos se você não fizer nada para que ele aconteça. E como dizia um professor meu de economia: “O verdadeiro empreendedor é um executor, não um sonhador.”

FABULA
“Toda manhã, na África, uma gazela acorda. Ela sabe que deve correr mais que o leão mais rápido ou será morta. Toda manhã, na África, um leão acorda. Ele sabe que deve correr mais rápido que a gazela mais lenta ou irá morrer de fome. Não importa se você é um leão ou uma gazela; quando o sol nascer, é melhor começar a correr.”

A NOSSA PARTE
Todo dia, temos que começar a correr quando o sol nascer e fazer com que tudo isso tenha algum significado. Esperar o dia se pôr para começar a correr, de nada vai adiantar. Ou pior, planejar acordar, ver o sol radiante e voltar a dormir.
Não desista. Não espere pra amanhã ou semana que vem para começar a cuidar da sua saúde, da sua alimentação, planejar seu futuro. Aprenda que a sua vida é única e somente você, pode ter o controle dela. Qual será sua AÇÃO de hoje?

Tiane Brites
0

Desmotivação

Desmotivação

“Fique atento, pois pode ser um problema pessoal atrapalhando o profissional”.
Aos líderes de plantão aqui vai uma sugestão sobre um problema que acompanho todos os dias, a desmotivação gerada por problemas pessoais que afetam diretamente ao rendimento dos colaboradores.

Os problemas são de diversos tipos e proporções, que aliados ao stress do dia-a-dia, fazem com que os profissionais fiquem abaixo dos seus rendimentos e não consigam alcançar as metas.

Entre esses problemas podemos destacar alguns, que já são tratados pelas empresas, mas outros que as organizações ainda não tomam posição.
Alguns deles estão destacados abaixo:

Problemas financeiros – algumas empresas já se preocupam com essa área da vida pessoal de seus colaboradores, para auxiliar são oferecidos empréstimos consignados, cartilhas explicativas de como utilizar bem o dinheiro, palestras de como organizar a saúde financeira e planejamento da renda familiar, etc.
Sabemos o quanto esse problema pode afetar o comprometimento do colaborador com as suas metas profissionais.

Problemas de saúde – esse é um outro problema que é encarado por diversas empresas, além de assistência médica para o colaborador e para os seus familiares, muitas empresas mantêm programas ergonômicos e de saúde ocupacional, para minimizar os problemas causas por stress e esforços repetitivos, mas é importante a liderança ficar atenta, ao menor sinal de um problema de saúde é necessário dar apoio ao colaborador e deixar claro que a posição da empresa é privilegiar a saúde de sua equipe.
Líder não deixe de cuidar da saúde de seus colaboradores, pessoas doentes não conseguem produzir e atingir suas metas.



Problemas relacionados ao coração – Isso mesmo as chamadas dores de amor, parece brincadeira, mas desilusões amorosas acontecem todos os dias e prejudicam o rendimento da equipe.

Por incrível que pareça, apesar de ser um problema comum, as empresas e os lideres costumam não se atentar para isso, as separações, as brigas pela guarda dos filhos, etc., são momentos complicados para os colaboradores.

Sabemos que é muito difícil o líder atuar nessa situação, mas fica aqui uma dica minha, crie um laço de carinho, respeito e confiança em sua equipe.

Quanto mais seus colaboradores tiverem liberdade de tratar de diversos assuntos com você, inclusive sobre relacionamentos, mas você poderá ajudá-los a resolver, mesmo que em determinados assuntos você só poderá ser um ouvinte, mas pelo menos já estará auxiliando.

Pode ser quem em determinados casos seja necessário à ajuda de um especialista para auxiliar o colaborador.

Eu relacionei alguns problemas enfrentados pelos colaboradores, mas tenho certeza que existem muitos mais no dia-a-dia das organizações.

Nunca deixem seus colaboradores sozinhos em momentos difíceis, lembrando que é nesses momentos que eles mais precisam de apoio para enfrentar as adversidades que a vida lhes impõe, mas que podem afetar os resultados e a busca em atingir a metas da empresa e de sua equipe.

Se houver auxilio nesses momentos difíceis, com certeza o colaborador jamais vai esquecer de quem realmente lhe estendeu a mão, quando ele mais precisava.

Fonte: ogerente.com.br
0

copyright © . all rights reserved. designed by Color and Code

grid layout coding by helpblogger.com